Controle Trak-Ball

Os mouses track ball estavam em alta e a Atari não poderia deixar a chance de lançar um dispositivo como esse para seu console mais famoso.

1982 Acessos
Imprimir
Controle Trak-Ball
Criada para jogos como Centipede, Crystal Castles e Missile Command, que já utilizavam trackballs em suas versões arcade, a Atari Trak-Ball foi um grande jogo de marketing da Atari. Com propagandas que anunciavam a Trak-Ball como um dos controles mais avançados do Atari 2600, a procura por ela se tornou grande.

Infelizmente a experiência de jogar com a Atari Trak-Ball não era nem um pouco similar à encontrada nas grandes máquina de fliperama, onde o jogo detectava a velocidade em que a pequena bola se movimentava e se baseava nisso para gerar a movimentação do personagem.

A experiência no Atari 2600 era simplesmente o movimento do joystick sendo gerado de outra forma. Ou seja, não importa o quão rápido o jogador mova a Trak-Ball, o personagem irá se mover como se fosse um joystick inclinado para o lado.

Felizmente a Trak-Ball não foi uma propaganda enganosa, já que, ao ser ligada em outros dispositivos mais sofisticados, como os computadores 8-bit, ela se comporta como uma trackball de verdade.

Para os que a compraram para utilizar no Atari 2600, e da maneira que ela foi criada para ser usada, existe um hack, criado por Thomas Jentzsch, chamado Missile Command TB, que oferece a real experiência de uma trackball.

Existem duas versões lançadas da Track-Ball, a primeira, chamada CX22, foi lançada em 1983 e possuía botões redondos e uma trackball amarela. O segundo controle foi lançado alguns anos mais tarde, chamado CX80, era menor e possuía botões triangulares e trackball preta.



Redação: João Victor Martins
Tags: Controle